teste
teste
teste

11/09/2017 - Fonte: GL events | Portal Eventos | SP

Congresso da ABEOC Brasil proporciona conhecimento e networking para mais de 700 participantes

Foram realizadas sete palestras, quatro minicursos, oito painéis e três visitas-técnica, com destaque para a palestra magna de abertura do evento, na quinta-feira, com o vice-presidente de "Global Business Sales" do Las Vegas Convention and Visitors Authority, Chris Meyer.



Antes da apresentação de Meyer, a presidente da ABEOC Brasil, Ana Claudia Bitencourt encerrou a solenidade de abertura com um breve discurso pedindo "mais ações e menos falações" no setor de eventos. "Organizadores de eventos devem ser mais respeitados ", acrescentou Ana, aplaudida com entusiasmo. Também estavam no palco durante a solenidade a presidente da ABEOC RJ, Fátima Facuri; o presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da CNC - Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, Alexandre Sampaio; o secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Nilo Félix; deputado federal Otávio Leite; deputado federal Aureo Lídio; deputado estadual (RJ) Aramis Brito; presidente do Rio CVB, Sônia Chami; presidente da ABIH Nacional, Dílson Jatahy Fonseca Jr; presidente nacional da Abrasel, Paulo Solmucci Jr e presidente da GL Events Brasil, Arthur Repsold.



Case de Sucesso



Perante um auditório lotado, Meyer encheu os olhos dos espectadores com números e estatísticas que comprovam a importância do turismo e em especial o turismo de negócios e eventos para Las Vegas, que em 2016 realizou 22 mil eventos, com 6,3 milhões de participantes, um recorde para a cidade. Segundo Meyer, o sucesso de Vegas vem do reinvestimento da tax room: cada dólar investido retorna 12 dólares para a comunidade.



A noite de abertura do Congresso da ABEOC terminou com painel sobre normas técnicas no setor de eventos, com a participação do coordenador da Comissão de Estudos CEE 142b da ABNT, Alexandre Garrido e da coordenadora de Inovação e Tecnologia do SEBRAE Nacional, Hulda Giesbrecht. Já são quatro normas criadas desde 2014 com apoio e participação da ABEOC e mais de 600 profissionais. "Normas são mecanismos para ampliar qualidade, produtividade e inovação", segundo Hulda. Garrido revelou que há outro projeto de norma em discussão, sobre boas práticas para organizar eventos, e que a próxima reunião será no dia 02 de outubro, em São Paulo, com participação aberta a profissionais do setor.



Empreendendo um Sonho



Um dos grande destaques do segundo dia do Congresso da ABEOC foi a palestra do CEO do Rock in Rio, Luis Justo, repleta de ótimas histórias sobre o maior evento de música do mundo. Justo recomendou para os empreendedores "identifique e dissemine a proposta de valor do seu negócio". A proposta de valor do Rock in Rio é "proporcionar experiências inesquecíveis através da música e do entretenimento". Justo citou e comentou 7 insights para qualquer negócio: Motivação não é só dinheiro; Capacitação; Conheça a jornada do seu cliente; Atenção aos detalhes; O próximo evento será o melhor de todos; Resiliência; Compartilhe os resultados. O CEO do Rock in Rio também revelou a burocracia que faz parte do licenciamento de um evento na cidade do Rio de Janeiro, que envolve 69 organismos governamentais, enquanto para realizar o Rock in Rio em Las Vegas foram apenas quatro.



Outro destaque do Congresso foram os painéis sobre questões relativas à tributação no mercado de eventos, licitação por técnica e preço para organização de eventos, flexibilização da legislação trabalhista e alterações na lei geral do turismo, com a participação do deputado federal Orlando Silva; do Assessor Jurídico da ABEOC Brasil, Cristiano Vilela; do advogado da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação e vice-presidente da Comissão de Turismo da OAB/RJ, Ricardo Rielo; do superintendente regional do Trabalho e Emprego da CNC, Helton Yomura; do vice-presidente Jurídico da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Daniel Homem de Carvalho e a presidente da ABEOC Brasil. Veja neste link mais detalhes sobre os projetos de lei com impactos no setor de eventos que estão tramitando na Câmara e foram debatidos no evento.



Para o deputado Orlando Silva, estas demandas não são apenas da ABEOC, mas o tema é de interesse nacional, com grande impacto econômico e social. Ele anunciou que vai apresentar emendas ao projeto da lei geral do turismo e vai apoiar a Abeoc em encontro com o presidente da câmara para acelerar a tramitação. Pediu envolvimento do setor de eventos para mobilização da Câmara.



Compliance, Turismo de Casamento



Ética e Compliance também estiveram em discussão no 27° Congresso de Empresas e Profissionais de Eventos, com participação de Maria José Delgado Fagundes, Diretora da Comissão de Compliance da Interfarma; Érika Almeida, Gerente do Departamento de Ética e Compliance da GSK; Lívia Perrotti, Gerente de Eventos da GSK e Daniel Martins, Analista de Compliance da Merck S.A, com Moderação de Juarez Carvalho Filho, Diretor MCI Brasil. Os organizadores de eventos participantes fizeram diversas perguntas sobre o Código de Conduta da Interfarma e outras regras das empresas sobre patrocínios de congressos médicos. Ano passado uma empresa farmacêutica foi multada no valor máximo de R$ 1,6 milhão por descumprimento do código. "Em breve a Interfarma vai lançar um guia para facilitar a aplicação e a interpretação do Código de Conduta", afirmou Maria José Fagundes.



O turismo de casamento ou "destination wedding" foi outro assunto que chamou a atenção no Congresso. Trata-se de um mercado que movimenta 80 bilhões de dólares por ano no mundo, e o Brasil só tem 1,25% deste mercado mundial e 10% da América do Sul. Segundo a palestrante Simone Tostes, diretora da Aonde Casar e diretora de romance do Rio CVB, o Brasil ainda pode crescer muito neste mercado.



Novas Tecnologias e Encontro de Lideranças



Big data, realidade virtual, holografia, drones, internet das coisas, wearables, chat bots, robótica, blockchain e cryptocoins são algumas das novas tecnologias com impactos no turismo, segundo o palestrante Ítalo Oliveira Mendes, especialista em Inovação e Novas Tecnologias no Turismo que falou no Congresso da Abeoc.



Logo após a apresentação de Mendes, diversos "agentes de prosperidade" como definiu Toni Sando os profissionais da cadeia produtiva de eventos, participaram do Painel "Encontro do Setor de Feiras e Eventos", última atividade do segundo dia do Congresso da ABEOC: Celio Ashcar Jr., Agência Aktuellmix e Chairman da AMPRO; Abdala Jamil Abdala, Presidente da Francal Feiras; Milena Palumbo, - Diretora Gerente - Riocentro GL Events; Lúcio Macedo , Riotur; Fernando Horta, Diretor Geral CCN - Convention Center Network, Michael Nagy, Diretor Comercial - RC&VB e Toni Sando, Presidente Executivo Fundação 25 de Janeiro/SPC&VB, com Coordenação de Otávio Neto, CEO do Grupo Radar & TV.



Outro painel com presença de lideranças do setor de eventos discutiu a Infraestrutura Disponível para o Mercado MICE, com a gerente institucional da BR Marinas-Marina da Gloria, Ana Luiza de Toledo Piza; o diretor geral do Centro de Convenções Sul América, Fernando Horta; a diretora de Vendas e Marketing do Royal Palm Hotel, Ana Luiza Masagão Menezes; o gerente geral corporativo de vendas da Rede Windsor de Hotéis, Ivan Bomfim e a diretora gerente do Riocentro GL Events, Milena H. Palumbo, que destacou, além da infraestrutura, a importância do ambiente de negócios no destino que deseja captar e realizar eventos.



Gastronomia e Feiras



Já no final da manhã de sábado, o Congresso da ABEOC discutiu a importância das missões internacionais e o retorno para os participantes, com a executiva de contas do Hong Kong Trade Development Council (HKTDC), Marcia Akiko Takemiya; a vice presidente da Câmara de Comércio Brasil China - CCIBC, Uta Schwietzer; o gerente comercial da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK), Hanno Olaf Erwes e a diretora da Emme Brasil e representante da Messe Duseldorf, Malu Sevieri. Por fim, a última palestra foi uma aula da professora de gastronomia da UNISUAM, Cristina Lontro, sobre a gastronomia e suas inúmeras possibilidades nos eventos.



"Agradecemos a presença de todos os visitantes, profissionais e empresas envolvidas, vocês fizeram o sucesso do Congresso da ABEOC", conclui a presidente da ABEOC RJ, Fátima Facuri.



Trabalhos Acadêmicos



O 27º Congresso Brasileiro de Empresas e Profissionais de Eventos contou com exposição de trabalhos acadêmicos selecionados e escolha de três vencedores, que receberão isenção de inscrições no próximo Eventos Brasil. Conheça a seguir os três primeiros colocados:



1. Eventos acadêmicos da concepção ao relatório final: relatos de experiências de discentes do curso de turismo, a partir da extensão acadêmica.



Cláudia Araújo de Menezes Gonçalves Martins Bianca Vasconcelos de Lima Carolina Rodrigues de Souza Sibelle da Silva Oliveira Relatos de Experiência Temas livres



2. A importância da comunicação de marketing para a organização de eventos técnico-científicos: uma análise sobre eventos promovidos por acadêmicos da Universidade Federal do Pará.



Renata Kelly Costa de Vilhena Joyce Karoline da Silva Ferreira Giselle Castro de Assis Artigos Originais. Temas livres.



3. Eventos em vias públicas aspectos relativos à segurança.



Ana Lúcia Magalhães Éber José dos Santos Kayanne de Oliveira Bortoletto Rodolfo Luiz de Oliveira Willian Veríssimo da Cruz Estudo de Casos. Temas livres

TRACE SUA ROTA

COMO CHEGAR

Avenida Salvador Allende, 6555
Barra da Tijuca, RIo de Janeiro, RJ
Cep: 22783-127

Tel.: +55 (21) 2441-9100
Fax.: +55 (21) 2441-9398

teste
teste
teste