teste
teste
teste

01/08/2018 - Fonte: Repórter Diário Online | Cidade | SP

Vencedores da Medalha Fields são anunciados em congresso de matemática no Rio

Não deu para o brasileiro Fernando Codá Marques. O matemático de 38 anos, da Universidade de Princeton, nos EUA, estava cotado para ser um dos ganhadores deste ano da Medalha Fields, o mais importante prêmio internacional da matemática, anunciado na manhã desta quarta-feira, 1, no Riocentro, na capital fluminense, durante abertura do Congresso Internacional de Matemáticos (ICM na sigla em inglês). Os vencedores foram o alemão Peter Scholze, o indiano Akshay Venkatesh, o italiano Alessio Figalli e o iraniano Caucher Birkar. Concedida desde 1936 a cada quatro anos, a medalha é entregue a até quatro pesquisadores com menos de 40 anos, como um reconhecimento a trabalhos de excelência e estímulo a novas realizações. Por sua importância, é sempre citada como o "Nobel da Matemática". Até hoje, a medalha já foi concedida a 56 estudiosos dos mais diversos países, entre eles o brasileiro Artur Ávila, do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), em 2014, na última edição do congresso. Codá seria o segundo brasileiro agraciado. Os vencedores da Medalha Fields são escolhidos por um comitê formado por grandes especialistas nomeados pela União Matemática Internacional. Os vencedores Nascido em 1978, na província curda de Marivan, no Irã, Birkar é um especialista em geometria algébrica da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Após o bacharelado em matemática na Universidade de Teerã, o pesquisador se mudou para o Reino Unido, onde se tornou cidadão britânico. Em 2004, concluiu o PhD na Universidade de Nottingham, com a tese "Tópicos da geometria algébrica moderna". O italiano Figalli, nascido em 1984, em Nápoles, é pesquisador da Escola Técnica Federal de Zurique, na Suíça. Ele descobriu a matemática tardiamente. Até o ensino médio seu maior interesse era o futebol. O treinamento para a Olimpíada Internacional de Matemática o despertou para o tema e, ao ingressar na Scuola Normale Superiore di Pisa, escolheu a matéria. Em 2007, ele concluiu o doutorado na Ecole Nornal Supérieure, de Lyon, na França. Figalli é especialista em equações diferenciais parciais e cálculos de variações, uma área clássica da matemática que remonta a leis fundamentais da física. Com apenas 30 anos, o alemão Peter Scholze nasceu na cidade de Dresden é considerado hoje pela comunidade científica um dos matemáticos mais influentes do mundo. Ele é pesquisador da Universidade de Bonn, onde se tornou professor titular com apenas 24 anos. Scholze concluiu a graduação e o mestrado em tempo recorde, apenas cinco semestres, e começou a ganhar notoriedade aos 22 anos, depois de simplificar uma complexa prova matemática da teoria dos números de 288 páginas para apenas 37. Ele é especialista em geometria algébrica aritmética. Nascido em Nova Déli, na Índia, em 1981, e criado na Austrália, Akshay Venkatesh já era medalhista da Olimpíada Internacional de Matemática aos 12 anos. Aos 13 anos, ele ingressou no bacharelado em Matemática e Física na Universidade de Western Austrália. Aos 20 anos, terminou o PhD na Universidade de Princeton e logo se tornou professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Desde os 27, Venkatesch é professor da Universidade de Stanford, nos EUA. Ele é especialista em teoria dos números.

TRACE SUA ROTA

COMO CHEGAR

Avenida Salvador Allende, 6555
Barra da Tijuca, RIo de Janeiro, RJ
Cep: 22783-127

Tel.: +55 (21) 2441-9100
Fax.: +55 (21) 2441-9398

teste
teste
teste